Jetpack: voar livremente já é uma opção

O despertador toca e você, em vez de acionar o famoso modo “soneca”, desliga-o. Quando se dá conta já está atrasado, tem que dar um pulo da cama, tomar o café da manhã apressado, vestir-se num piscar de olhos e sair em disparada de casa. Mas não tem jeito, o trânsito já está formado: filas e filas de automóveis entre sua moradia e seu destino.

Mas, e se você pudesse sobrevoar todo o caos dos engarrafamentos (que não são mais uma exclusividade das grandes metrópoles), não seria bacana? O sonho de voar do ser humano não é recente, pois passagens da mitologia grega já abordavam a tentativa da nossa espécie em planar sobre os ares.

Esse é um sonho cada vez mais próximo da realidade. A empresa neozelandesa Martin Aircraft Company desenvolveu uma versão comercializável – preço de um carro de luxo – para um jetpack (aquelas mochilas turbinadas que podem levantar voo com uma pessoa). E aí, topa uma voltinha na imensidão dos céus? Dê uma olhada no vídeo seguinte e sinta a liberdade de voar:


Sua capacidade de armazenamento de combustível (ele utiliza gasolina) chega a 18 litros, o que lhe dá uma autonomia de voo de 30 minutos. O mais engraçado vai ser você parar no posto com a geringonça nas costas e pedir para completar o tanque, o que com certeza vai despertar o olhar curioso dos frentistas.

O motor de dois tempos Martin Aircraft 2.0 L V4 conta com potência de 200 HP,  dois rotores com um pouco mais de meio metro de diâmetro e rotação máxima de 7058 rpm para tornar viável a fantástica aventura de imitar os heróis dos quadrinhos a, estimados, 8 mil pés de altura.

Apesar de toda essa potência, segundo os desenvolvedores o piloto deve pesar entre 64 e 108 quilogramas, aproximadamente. Portanto, se você deseja voar com o Martin Jetpack e não está nessa faixa de peso terá que preparar uma alimentação adequada para o seu caso – seja uma dieta hipercalórica ou um regime básico.

Eu quero!

Há alguns anos, alguns modelos chegaram a ser comercializados. Entretanto, o custo elevado – entre US$ 155 mil e US$ 250 mil – não concretizou o equipamento como um bem de consumo acessível. Como era de se esperar, não é todo mundo que tem essa quantia no bolso para “brincar” de voar.

Um dos grandes diferenciais do Martin Jetpack é o seu valor de venda. As especulações que circulam pela web apontam o preço sugerido de US$ 86 mil – custo de um carro de luxo aqui no Brasil. A Martin Aircraft Company espera dar início às vendas do seu modelo de jetpack até o final de 2010. Se você está a fim de passear pelos ares como um super herói de desenhos animados ou um protagonista de filme futurista, é bom começar a poupar seu dinheiro. Boas economias e um ótimo voo!

Fontes:tecmundo.com.br

Agregadores de Link

Agregadores de Link

GeraLinks - Agregador de links Aglomerando